Erro
  • JFolder::files: O caminho não é um diretório. Caminho: /home/ossr/public_html/images/silvana
Aviso
  • There was a problem rendering your image gallery. Please make sure that the folder you are using in the Simple Image Gallery plugin tags exists and contains valid image files. The plugin could not locate the folder: images/silvana

Noviciado da Ir. Ana Rita Destaque

Domingo, 18 Dezembro 2016 15:39
Noviciado da Ir. Ana Rita

Com alegria anunciamos o ingresso no noviciado da jovem Ir. Ana Rita no Mosteiro de Itu-SP. O rito de ingresso ocorreu no último sábado dia 17 de dezembro de 2016 às 18h00min. Rezemos por sua perseverança e fidelidade ao chamado do Senhor

 

Veja seu testemunho vocacional

 

      ”Avance para as ás Águas mais profundas”...  

    

O que em minha pequenez pude experimentar de Deus e entender de suas graças,

partilharei um poucodesta minha caminhada até aqui.

Chamo-me Ana Rita, nasci em salinas – MG. Foram meus pais: Joana Maria da Rocha e Antônio Pereira Silva. Fui criada num ambiente familiar de mais 9 irmãos, numa família unida e honesta, onde desde o berço bebíamos os valores humano – cristãos, que foram alicerçando a minha vida.

Como descobri o chamamento de Deus na minha Vida?

O que poderei dizer que as primeiras lembranças que conservo do despertar vocacional, ocorreram pelos 15 anos de idade. E com esta idade já estava ingressada no grupo de jovens, JLM (Juventude Legião de Maria). Fiz uma caminhada de aprofundamento da fé. E a parti daí começou no mais profundo do meu ser uma inquietação existencial que eu não entendia, nem compreendia sobre tudo o que se passava comigo ...rezava muito pelas vocações, para que Jesus chamasse muitos e muitas jovens a segui-lo. Nunca rezei por mim para que eu fosse uma freira, pois achava que não tinha qualidades suficientes para ser uma boa religiosa. Até então aoouvir o Evangelho do seguimento de Jesus, e o que me tocou profundamente foi a palavra “ Vem e Segue –me” isso ecoava ainda mais profundo no meu ser, então foi ai que percebi que esta palavra era dirigida a mim, ai eu não me resisti mais, procurei um padre fundador de um instituto diocesano, e manifestei a aspiração de me consagrar a Jesus, e imediatamente já recebi uma resposta para a aprovação  para o meu ingresso no Instituto. Mas antes de conhecê-lo, eu já sentia uma grande inclinação para a vida contemplativa, porém o medo e a insegurança, me impediam de avançar nos desígnios de Deus. Ao longo da caminhada, Deus foi me revelando que não era naquele Instituto que deveria permanecer. Decidi deixar o Instituto e procurar um outro estilo de vida, e vindo para São Paulo, fui visitar um parente próximo a cidade de Itú. Neste mesmo dia fui a cidade de Itú, e visitei as Irmãs Redentoristas da ordem do santíssimo Redentordo Mosteiro da Imaculada Conceição, foi através desta visita as monjas Redentoristas, que pude ver claramente que era este tipo de vida que Jesus sempre desejou para mim, senti uma forte inspiração de vir para o mosteiro, mas não poderia entrar sem antes fazer um acompanhamento vocacional, e foi a parti dai que deu início ao acompanhamento vocacional por 9 meses, mas como tive a tentação de cair ao desânimo,não quis saber de dar continuidade aos encontros em preparação ao meu ingresso no Mosteiro. Decidi ir trabalhar, terminar meus estudos acadêmicos, e procurei me atuar na paróquia como catequista e na animação litúrgica, tocando nas celebrações. Depois de um longo tempo, pensava novamente me ingressar no Mosteiro, mas não sabia como, depois de vários contatos com o Fr. Jefferson Nunes Redentorista, que hoje sendo o meu diretor espiritual, começou a me fazer vários questionamentos em relação a minha vocação, e isso foi suscitando no meu coração o desejo de me consagrar a Deus na vida contemplativa. E assim depois de um curto acompanhamento espiritual, resolvi experimentar a vida das Monjas Redentoristas.Neste período, tive que ter a fé de Abraão, disposta a fazer aquilo que acreditava ser a vontade de Deus para a minha vida. O momento da minha partida foi muito difícil, mas consegui com a graça de Deus, e me encontro aqui hoje como noviça do ano canônico, estou firme e perseverante na vida contemplativa a serviço da Igreja.Sou muito grata a Deus, por ter me chamado para esta ordem, por me dar a oportunidade de vê-lo em minhas Irmãs e por me ensinar que a cada dia minha vocação é somente amar e doar-me. Também agradeço a Deus, pela graça com que me presenteou de ter o meu orientador espiritual,Fr. Jefferson Nunes, que é o rosto visível de Deus para mim, e que sempre está me apoiando e rezando pela minha perseverança. Que Deus o ilumine sempre, concedendo-lhe fidelidade e perseverança em suas inspirações.

Deixo, um apelo para aqueles e aquelas que desejam uma palavra de encorajamento. Diria-que vale a pena deixar tudo para buscar aquele que sempre está nos procurando e que com certeza nunca iremos sozinhos nesta busca, pois temos irmãos,companheiras de viagem, Deus ama-Te com amor eterno, Deixa-Te envolver por esse amor e encontrarás o maior tesouro da tua vida!

Um grande abraço fraterno, lembranças nas orações!

Ir. Ana Rita, O.SS.R.


 

 

Última modificação em Quinta, 19 Outubro 2017 23:05
Avalie este item
(1 Votar)
Ler 336 vezes